MENU
dossiê promocional
especial MBA & Pós-Graduações | Opinião

Porquê o MBA da Católica Porto Business School?

Ana Côrte-Real, diretora MBA Executivo – Católica Porto Business School





E m primeiro lugar, porque a formação é essencial no desenvolvimento pessoal e profissional. Em segundo lugar, porque no âmbito dos programas de formação o MBA, pelo facto de ser uma formação generalista em gestão, pela sua duração e exigência, é o programa que mais contribui para a preparação dos gestores para o contexto atual que todos enfrentamos.

Ainda que todos tenhamos consciência dos desafios atuais, nunca é demais reforçar os mais prementes: redesenho das formas de trabalhar, os desafios e os papéis da liderança no contexto de incerteza, a importância crescente das competências digitais, do domínio das ferramentas de produtividade e colaboração e o destaque das áreas de análise de dados, cibersegurança e e-commerce.

O facto de termos hoje um consumidor hiperconectado torna as competências digitais fundamentais para as organizações e, por outro lado, com novas fontes de dados, como IoT, plataformas de redes sociais, softwares como Siri e Alexa, surgem necessidades de competências na área de análise de dados.

As empresas, em termos de talento, precisam de equipas com um cérebro analítico e criativo e dotado de competências comportamentais.

No último estudo da PwC (janeiro de 2022) constata-se que as cinco principais competências dos gestores em 2030 serão: adaptabilidade e agilidade (86%), resolução de problemas (85%), colaboração (81%), inteligência emocional (76%) e criatividade e inovação (74%).

O MBA da Católica Porto Business School está focado neste princípio: a formação com base numa combinação completa das competências que o mercado valoriza e precisa. É um caminho fácil? Não. É um caminho exigente, mas com um retorno garantido.

A aposta no MBA Executivo irá torná-lo mais resiliente, mais empático, com forte capacidade de adaptação, agilidade, autenticidade, sem esquecer o papel da intuição.

Depois de tantos anos a gerir este programa, atrevo-me a afirmar que para além de todas as competências, sejam elas técnicas ou comportamentais, o nosso programa contribui para a felicidade dos nossos alunos, criando uma experiência que nunca é esquecida. E não somos nós a dizê-lo, mas sim a nossa rede Alumni, que fica sempre em contacto.